As 16 Montanhas mais Belas do Planeta

As Dolomitas, Itália

A região montanhosa das Dolomitas, no extremo norte da Itália, é um daqueles lugares que não parecem reais ou foram modificados por recursos de computação gráfica. A beleza cênica dessa cadeia de montanhas, que tem 18 picos com mais de três mil metros de altitude, estende-se pelas províncias de Belluno, Bolzano, Trento, Údine e Pordenone. Em 2009, as Dolomitas foram incluídas na lista dos Patrimônios da Humanidade da Unesco.

Monte Fuji, Japão

Com 3776 metros de altitude, o monte Fuji é a montanha mais alta do Japão e um dos cartões-postais mais conhecidos do país. Sua forma simétrica tem sido inspiração para poemas, fotos, romances e objetos de arte há muitas gerações. O período mais propício às escaladas é durante o verão, mais precisamente nos meses de julho e agosto. Estima-se que 200 mil pessoas sobem até o cume em cada temporada.

Torres del Paine, Chile

No meio da paisagem patagônica encontram-se as incríveis Torres del Paine, localizadas em um parque nacional homônimo de 242 mil hectares. O lugar é famoso por abrigar diversas trilhas de trekking que atraem aventureiros de todo o mundo.

Mount McKinley, Estados Unidos

McKinley, com 6168 metros de altitude é o pico mais alto da América do Norte. Ela fica no Parque Nacional Denali, próxima da pequena localidade de Talkeetna, no Alasca. A metade superior da montanha está coberta de campos de neve permanentes que alimentam muitas geleiras. Algumas chegam a ter 48 quilômetros de comprimento.

Matterhorn, Suíça

Famosa por ilustrar as embalagens do chocolate Toblerone, o Matterhorn - ou Cervino, no italiano - não é uma das mais montanhas mais altas, mas com certeza é uma das mais conhecidas formações alpinas. Para conhecê-la, uma das melhores formas é pegar o Gornergratbahn, um percurso de trem com nove quilômetros de extensão que liga a cidade de Zermatt ao cume rochoso de Gornergrat.

Monte Olimpo, Grécia

A montanha mais alta da Grécia, com 2917 metros de altitude, era conhecida na mitologia grega por ser a morada dos doze Deuses do Olimpo. Hoje, atrai montanhistas do mundo todo em busca de paisagens cênicas únicas. Para escalar o Monte Olimpo, é preciso começar a partir da cidade de Litochoro, também conhecida como 'A Cidade dos Deuses'.

Monte Roraima, na fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana

Considerada a maior montanha plana do mundo, o Monte Roraima fica na tríplice fronteira entre o Brasil, Venezuela e Guiana. Delimitado por falésias com aproximadamente 1000 metros de altura, seu platô apresenta um ambiente marcado por espécies endêmicas de flora e fauna. O lugar foi descoberto pelos europeus em 1595, durante a colonização espanhola e britânica nessa parte do continente.

Monte Kailash, Tibete, China

Esta montanha do Tibete é considerada um dos lugares mais sagrados para os hindus, budistas, jainistas e bönpos. Seu degelo forma a nascente de quatro dos maiores rios da Ásia: Ganges, Bramaputra, Indo e o Sutlej. Anualmente, milhares de pessoas fazem uma peregrinação ao redor do Kailash, seguindo uma tradição secular.

Aconcágua, Argentina

Pano de fundo para os vinhedos da cidade argentina de Mendoza, o Aconcágua é o ponto mais alto das Américas, com 6962 metros de altitude. Ainda tem a façanha de ser o ponto culminante do Hemisfério Sul e o mais alto fora da Ásia. No final do ano passado, um menino de nove anos virou notícia ao ser o mais jovem alpinista a atingir o topo do Aconcágua.

Mont Blanc, França e Itália

Com 4810 metros de altitude, o Mont Blanc é o ponto mais alto dos Alpes e da Europa ocidental. Embora o maciço se divida entre a França e Itália, a localização exata do cume é um tema controverso para ambos os países. O que se sabe é que a montanha é um destino turístico popular, atraindo cerca de cinco mil turistas diariamente. A melhor forma de apreciar a vista é a bordo de um teleférico, que faz o percurso do centro da cidade de Chamonix até o cume da Aiguille du Midi (3842 metros).

Eiger, Suíça

Integrante de uma região conhecida como Alpes Suiços Jungfrau-Aletsch, declarada Patrimônio Mundial da Unesco, o monte Eiger ergue-se a 3970 metros de altitude e compõe uma das paisagens naturais mais incríveis da Suíça. A partir de Kleine Scheidegg, há um túnel ferroviário que percorre o interior do Eiger, onde duas estações interiores proporcionam um fácil acesso a janelas com vistas sobre a ladeira da montanha.

Monte Everest, Nepal

Como deixar a montanha mais alta do planeta de fora dessa lista? Com seus impressionantes 8848 metros de altitude, o Everest é o sonho de muitos montanhistas ao redor do mundo. Até o final de 2006, 8030 pessoas tentaram alcançar o topo e, dessas, 212 não retornaram para a casa.

Table Mountain, África do Sul

A Table Mountain, um dos principais cartões-postais do país, é uma montanha de cume plano que se estende por três quilômetros e domina a paisagem da Cidade do Cabo. A maioria dos turistas sobe ao topo por meio do cable car (bondinho), em cabines panorâmicas e giratórias que fazem o trajeto em apenas cinco minutos. No entanto, há quem prefira ir a pé por uma das diversas trilhas do local, que levam de duas a quatro horas para serem percorridas.

Kirkjufell, Islândia

Kirkjufell fica diferente conforme a época do ano: no verão, o verde predomina e combina perfeitamente com as águas volumosas da cachoeira Kirkjufellsfoss. Já no tempo frio, a neve cobre toda a montanha e constrasta com o colorido da Aurora Boreal. Não é à toa que esta montanha elegante e simétrica é um dos lugares mais fotografados na Islândia.

Kilimanjaro, Tanzânia

O imponente monte Kilimanjaro, que fica ao norte da Tanzânia, perto da fronteira com o Quênia, é o ponto mais alto do continente africano. O antigo vulcão é protegido por um parque, designado Parque Nacional do Kilimanjaro, que foi classificado pela Unesco como Patrimônio da Humanidade.

Carregando...